> > >

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

IGREJA, CORPO DE CRISTO NÃO SE CORROMPE

EVANGÉLICO: - o problema é que seguem o catecismo e nao a biblia 

RESPOSTA: - Tanto faz, AMIGO! A vantagem é que o catecismo é mais explicito e ninguém o interpreta em desacordo com a Igreja, que também é palavra de Deus, aliás, é o próprio Deus, por ser o corpo de Cristo. 

Seria como se alguém apontando para você, dissesse: 

- Este que estou vendo aqui não é você! 

Vivamente lhe responderia na lata, indicando-se, para si mesmo, com ambas as mãos: 

- Claro que sou eu mesmo! Como não?! Então eu não sou eu?



Da mesma forma, não poderá apontar para a Igreja, que é o corpo de Cristo (I Cor 12:27, Ef. 1:22, 23, citado em site protestante), e exclamar: "Não é o Cristo que estou vendo!".
Portanto, amigo evangélico, quando você vê à sua frente um legítimo ministro da Nova Aliança (IICor 3,6), tenha a certeza de que está vendo o próprio Cristo, em carne e osso e quando este lhe fala, não como uma pessoa comum, mas como um enviado de Cristo, investido com a autoridade de ministro da Igreja, será ao próprio Cristo que estará ouvindo, porquanto foi dito:

"Quem vos ouve a mim ouve, quem vos despreza, a mim despreza..." (Lc 10,16).

EVANGÉLICO: -  Tudo isso seria lindo se não alterassem a Palavra de Deus.

RESPOSTA: - Deus não é como o homem. Ele, infinitamente perfeito, sábio e veraz não poderia alterar sua própria palavra. Ou, então, como poderia, falando através de seus profetas, escrever uma coisa na Bíblia e, ao mesmo tempo, através de sua Igreja, falar coisa diversa? 

Quer acreditar que o homem teria corrompido o próprio corpo de Cristo? Nunca! Não pode haver lógica em tal pressuposto! Mesmo que todos os demônios se juntassem ao esforço dos homens, jamais conseguiriam fazê-lo. 

O homem é infiel, Deus não!



Confie, amigo, no infinito poder, sabedoria e amor divinos. Deus jamais deixaria que o TESOURO DA FÉ pudesse ser contaminado pelo homem corrompido. 

A quem foi confiada a missão de transmiti-lo fiel e integralmente às gerações futuras? À Igreja, sua lídima Igreja, corpo de Cristo, o fidelíssimo sustentáculo da verdade (1Tm 3,15) porque Cristo é a verdade (Jo 14,6).

Não confie nos ensinos dos falsos pastores rebelados contra essa Igreja que foi identificada tanto pela história como pelos sinais dos céus, com milagres prodígios e portentos verdadeiros, que podem suportar os mais elaborados e científicos métodos de análises, sem que se mostrem como desprezíveis fenômenos naturais. 

Somente a Igreja católica é identificada com sinais de tal natureza. 

Os "reformadores" inventaram inúmeras doutrinas, mas nenhum deles as confirmaram, como a Igreja, mediante os sinais de Deus. Que milagre fez Lutero? Calvino? Zwinglio? Todos os demais? Nenhum, amigo!!!! Abra seus olhos e veja o abismo em que está caindo!

Nenhum comentário: