> > >

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

POR QUE MARIA CHORA?


EVANGÉLICO - 1. - Desde o princípio a antiga serpente (Satanás) conspira contra a humanidade e almeja ser adorada como deus. Pra conseguir seu intento não cessa de criar armadilhas fatais.

O título “Rainha dos Céus” foi criado lá no princípio da civilização, nos dias Ninrode, neto de Cão, o filho perverso de Noé (Génesis 10:6 a 12), o rei que edificou várias cidades e a Torre de Babel = confusão, porque ali confundiu as línguas. (Génesis 11:4 a 9).



Visitem: ÍNDICE DAS MENTIRAS CONTRA A IGREJA CATÓLICA




RESPOSTA: - Coitado do pobre diabo que "engole" todas as bobagens protestantes que se escrevem em livros e na internet! Mas vamos conferir. 

Será que a tão mal falada "Rainha dos Céus" se encontra mesmo no texto mencionado de Gn 10, 6-12? Vamos lê-lo: "Filhos de Cam: Cus, Mesraim, Fut e Canaã. Filhos de Cus: Saba, Hevila, Sabata, Regma e Sabataca. Filhos de Regma: Saba e Dadã. Cus gerou Nemrod, que foi o primeiro homem poderoso da terra. Ele foi um grande caçador diante do Senhor. Donde a expressão: “Como Nemrod, grande caçador diante do Eterno.” Ele estabeleceu o seu reino primeiramente em Babilônia, Arac, Acad e em Calane, na terra de Senaar. Daí foi para Assur e construiu Nínive, Recobot-Ir, Cale e Resem, a grande cidade entre Nínive e Cale". 

Vamos continuar lendo o artigo para vermos se há realmente fundamento, porque até aqui ainda não apareceu a tal RAINHA.

2. - Antes de continuar a história Bíblica, vamos assistir este Vídeo que responde: PORQUE MARIA CHORA? Dê um clique no texto abaixo ou no link, e depois volte aqui para continuar a ler:

RESPOSTA: - Honrada, amada, louvada, exaltada, sim, pois Cristo ensina que devemos ser amigos dos que habitam nos tabernáculos eternos! (Lc 16,9).  ADORADA, nunca! Isto está somente nas mentes atribuladas pelas heresias de rebelados, que não sabem o que é essencial para que haja efetiva adoração. 

Quanto ao medo de ser acusada de adultério, tenho certeza que não, porque confiava plenamente em Deus. 

"Maria precisava de um Salvador...", Verdade, não porque era pecadora, caso contrário o anjo não a chamaria  de "plena de graça", ainda mais que o termo grego "Kakharitomene" significa que ela sempre vivera nesta condição. 

Jesus é, não obstante, seu Salvador no sentido de que, pelos seus méritos futuros, ela fora preservada da culpa que contaminou a todos os nascido de mulher. 


A glória de ser Deus é intransferível e somente a Deus pertence. O errado é os "crentes" acharem, por isso, contra tudo o que está escrito na Bíblia, que não podemos tributar honra e louvores aos santos. Basta ver isso: Lc 12,37 - Jo 12,26; Rm 2,7; 2,10; I Tm 3,13; I Pe 1,7; I Pe 2,7 - Jo 12,26; Rm 2,7; 2,10; I Tm 3,13; I Pe 1,7; 2,7 - Rm 2,29; I Cor 4,5; I Pe 1,7). 

A respeito da figura tirada do vídeo: O anjo não falara que Maria estava grávida e sim "Conceberás e darás a luz...". Por que, então a pergunta de Maria se ela já estava desposada com São José? A gravura, entretanto, demonstra a preocupação de Maria quanto à sua virgindade. Por que? Será porque ela desejava manter-se virgem?

O vídeo está eivado de heresias do princípio ao fim, por exemplo, quando pensa o seu autor que ela estava "impura" quando, por imposição legal, apresentou-se no templo para a purificação... aqui é bom mencionar que Maria observava rigorosamente a palavra de Deus. Cristo a elogia quando diz "Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a observam!" (São Lucas 11,28). Nisto ela se assemelhava seu filho, o qual, apesar e não ter pecados, se fez batizar no batismo de penitência de João: "... convém cumpramos a justiça completa" (Mt 3,15). Podemos, por isso, dizer que Jesus era um, pecador e que teve de fazer penitência mediante o batismo de João?



3. - Ninrode foi o primeiro homem de fama neste mundo, e com sua morte, sua esposa Semíramis com seu filho Tamus nos braços deu origem ao “Mistério” da mãe e da criança, aplicou a si mesmo a promessa do Messias (Génesis 3:15); mentiu que seu filho Tamus fora concebido Miraculosamente na qualidade de Messias. Mentiu que seu filho era a ressurreição de Ninrode que retornara da morte, agora como deus Tamus. Assim, a lenda deu origem a tradição que celebrava duas vezes ao ano de acordo com o movimento solar.

RESPOSTA: - "Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça, e tu ferirás o calcanhar.” (Gn 3,15). 

Onde foi que o gaiato encontrou esta história de Ninrode, do filho Tamus e do "mistério" da mãe da criança? Na Bíblia é que não foi. 

Tudo não passa de uma fraude grosseira! Mentira das "brabas" com que o diabo engana os rebelados que, por serem desobedientes, perderam a dignidade de filhos de Deus degradando-se à condição de pagãos: "... se recusar ouvir também a Igreja, seja ele para ti como um pagão e um publicano" (Mt 18,17)

Então, em que livro de história se encontram estas bobagens? 

Nem livro de história, nem de geografia, nem de arqueologia, enfim em nenhum, mas num livreco escrito pelo mentiroso e desonesto pastor escocês chamado Alexander Hislop em 1853 com o nome "As Duas Babilônias", o qual seguia à risca o conselho de seu pai Lutero que, por sua vez, costumava se aconselhar com o demônio, o pai da mentira (ver: DIÁLOGO ECUMÊNICO ENTRE LUTERO E O DEMÔNIO): "Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da Igreja (luterana)." (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).

4. - Motivado por este engano o povo prestava culto a rainha com seu filho Ninrode em seus braços e a chamava “Rainha dos Céus”. Isso magoava o coração de Deus que penalizou o povo por esta idolatria: (Ezequiel 8:4 a 18; Jeremias 44:17 a 27)

RESPOSTA: - Ah! Acho que desta vez poderemos ver na Bíblia os feitos particulares do tal Ninrode. Vamos aos textos citados:


"Lá se me manifestou a glória do Deus de Israel, tal como a visão que tive no vale. E ele me disse: filho do homem, ergue os olhos para o norte. Levantei os olhos para o norte, e vi ao norte da porta do altar, à entrada, o ídolo que provoca o ciúme (do Senhor).  Filho do homem, disse-me, vês tu a abominação que praticam, como eles procedem na casa de Israel, para que eu me afaste do meu santuário? Verás, todavia, coisas muito mais graves. Conduziu-me até a entrada do adro e, reparando, vi que havia um rombo no muro. Filho do homem, disse-me ele, fura a muralha. Quando a furei, divisei uma porta. Aproxima-te, diz ele, e contempla as horríveis abominações a que se entregam aqui. Fui até ali para olhar: enxerguei aí toda espécie de imagens de répteis e de animais imundos e, pintados em volta da parede, todos os ídolos da casa de Israel. Setenta anciãos da casa de Israel, entre os quais Jazanias, filho de Safã, se achavam de pé diante deles, segurando cada qual o seu turíbulo, do qual se elevava espessa nuvem de fumaça. Filho do homem, disse-me ele, vês tu o que fazem os anciãos de Israel na obscuridade, cada um deles em sua câmara, guarnecida de ídolos, pensando que o Senhor não os vê, e que ele abandonou a terra? E ajuntou: Verás ainda abominações mais graves que eles estão cometendo. Conduziu-me, então, para a entrada da porta setentrional da casa do Senhor: mulheres estavam assentadas, chorando TamuzFilho do homem, falou-me, tu viste? Verás ainda abominações piores do que estas. Levou-me então ao interior do templo. À entrada do santuário do Senhor, entre o vestíbulo e o altar, avistei cerca de vinte e cinco homens, que, de costas para o santuário do Senhor, com a face voltada para o oriente, se prosternavam diante do sol. Filho do homem, disse-me ele, vês isto? Não basta à casa de Judá entregar-se a esses ritos abomináveis que aqui se praticam? Haverá ainda ela de encher a terra de violência, e não cessará de me irritar? Ei-los que trazem o ramo ao nariz. Está bem! Eu, de minha parte, procederei com furor, não terei condescendência, serei impiedoso. Inutilmente clamarão a meus ouvidos, não os ouvirei". (Ez 8,4-18).

Eita que apareceu o tal Tamuz!!! Agora vamos ver o outro texto:

"Cumpriremos, porém, todas as promessas que fizemos de queimar incenso à rainha do céu e de lhe oferecer libações, como o fazíamos, nós e nossos pais, nossos reis e chefes, nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém. Então, tínhamos pão em fartura, vivíamos na abundância e não sabíamos o que fosse a desgraça. Ora, depois que cessamos de queimar incenso à rainha do céu e de lhe oferecer libações, tudo nos falta, e perecemos pela espada e pela fome. Além disso, quando queimamos incenso à rainha do céu e lhe oferecemos libações, é, porventura, sem o consentimento de nossos maridos que ofertamos torta à sua efígie e lhe rendemos libações? Dirigiu-se então Jeremias à multidão, aos homens e mulheres e a quantos lhe haviam assim respondido: Do incenso que queimastes, disse-lhes, nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, vós, vossos pais, vossos reis e chefes, assim como o povo, não se terá recordado o Senhor e nisso não terá pensado? Não tendo o Senhor podido suportar mais tempo a maldade de vossos atos e abominações, foi nossa terra reduzida ao estado de solidão, devastada e amaldiçoada, onde ninguém mais habita, como hoje se apresenta. E, se a calamidade presente vos adveio, é porque oferecestes o incenso desse modo, pecando contra o Senhor, e porque lhe recusastes ouvir a voz e observar suas leis e preceitos. Jeremias acrescentou, a respeito do povo e das mulheres: Escutai a palavra do Senhor, povo de Judá que reside no Egito. Eis o que diz o Senhor dos exércitos, Deus de Israel: vós e vossas mulheres fazeis com as mãos o que diz a vossa boca. Dizeis: cumpriremos as promessas de oferecer incenso e libações em honra da rainha do céu. - Pois bem! Cumpri vossos votos, mantende vossas promessas. Escutai, porém, a palavra do Senhor, judeus que habitais no Egito. Eis, diz o Senhor, pelo meu grande nome eu juro! Esse nome não será mais pronunciado em todo o Egito por nenhum homem de Judá, dizendo: Pela vida do Senhor Javé! Vou ocupar-me com eles para a desgraça e não para o bem. Todos os judeus que residem no Egito perecerão pela espada e pela fome, até o total aniquilamento". (Jr 44, 17-27).

Portanto temos duas personagens: O Tamuz e a Rainha dos Céus. Mas, onde é que entra Ninrode nessa história? Na Bíblia?

5. - Nas gerações futuras encontramos o exemplo do Rei Josias que agradou a Deus ao mandar destruir imagens (II Cronicas 34:1 a  7), mas sempre há no mundo os que obedecem e outros continua rebeldes ao Deus Altíssimo. Na época as mulheres, para agradar o deus pagão, conduziam sua imagem em procissão e lamentando sua morte e sepultamento sempre seguido de convulso pranto e tristeza a semelhança que se usa hoje conduzindo imagem de um ”Cristo” morto. Por isso Deus condenou procissão: (Isaías 45:17 a 22; Isaías 46:6 a 9).


RESPOSTA: - Deus condenou a procissão? Ou condenou a adoração aos ídolos  levados  em procissão? Vamos ao texto de Isaías:



"Israel obterá do Senhor uma salvação eterna, sem confusão nem vergonha, até o fim dos tempos. Eis o que diz o Senhor que criou os céus, ele, o único Deus que formou a terra e a estabilizou, que não a criou para que seja um caos, mas a organizou para que nela se viva: eu sou o Senhor, e não tenho rival. Não tenho falado às escondidas, nem numa terra tenebrosa. Não disse à raça de Jacó: Procurai-me no caos, eu, o Senhor, digo, a verdade, e me manifesto com toda a franqueza. Vinde, reuni-vos todos, aproximai-vos, vós que fostes salvos dentre as nações! Nada disso compreendem aqueles que trazem seu ídolo de madeira, aqueles que oram a um deus impotente para salvar. Fazei valer vossos argumentos, consultai-vos uns aos outros: quem havia predito o que se passa, quem o tinha anunciado desde longa data? Não fui eu, o Senhor, e nenhum outro? Não há Deus fora de mim. Volvei-vos para mim, e sereis salvos, todos os confins da terra, porque eu sou Deus e sou o único" (Is 45 17-22)

Incrível é que a palavra "procissão" nem aparece no texto


6. - Portanto Tamús foi o primeiro ídolo pagão adorado como deus sol que renasce e nos braços da “Rainha dos Céus” era cultuado. O “T” de Tamus e o símbolo das duas varinhas cruzadas que usavam pra fazer o fogo virou símbolo de adoração; o fogo, (o sol), e a cruz. A imagem mais antiga de idolatria foi da mãe com seu filho tamus nos braços, chamada “Rainha dos Céus”, donde procede a “Mariolatria” Romanista. Esta forma de culto foi de pronto aceita e propagou-se facilmente e ainda hoje influencia do sentimentalismo em torno da figura da “Mãe” do Filho deus.

O TAU DA SALVAÇÃO
RESPOSTA: - O iníquo seguidor de Lutero que, por sua vez era seguidor do demônio (ver DIÁLOGO ECUMÊNICO ENTRE LUTERO E O DEMÔNIO), portanto, iníquo seguidor do demônio, rebaixa o santíssimo sinal de nossa salvação em sinal de perdição, em uma marca que leva ao inferno. E a Bíblia, o que diz a respeito desse sinal? Vamos ler:

"Então, ele gritou a meus ouvidos com voz forte: “Aproxima-se o castigo da cidade! Cada um tenha sua arma destruidora na mão!”. Nisso eu vi seis homens chegando da porta superior, voltada para o norte, cada qual empunhando uma arma mortífera. Entre eles havia um homem vestido de linho, com um estojo de escriba à cintura. Eles foram colocar-se junto ao altar de bronze. Então a glória do Deus de Israel elevou-se de cima do querubim sobre o qual estava, em direção à soleira do templo. 

Chamando o homem vestido de linho e com o tinteiro de escriba à cintura, o SENHOR lhe disse: “Passa no meio da cidade, no meio de Jerusalém, e marca com um tau na testa os homens que gemem e suspiram por tantas abominações que nela se praticam”. Para os outros eu escutei que dizia: “Percorrei a cidade atrás dele e feri sem dó nem piedade. Matai velhos, rapazes e moças, mulheres e crianças, matai-os todos, até o extermínio. Mas não vos aproximeis de ninguém que foi marcado com o tau. Começai pelo meu santuário”. E eles começaram pelos anciãos que estavam diante do templo". (Ez 9, 1-6). 

Assim como a serpente de bronze hasteada no deserto representava a cruz da salvação (Jo 3,14) este "tau", letra que no alfabeto hebraico antigo era representado exatamente por uma cruz (ver destaque na figura acima) também simboliza a cruz de Cristo e não a inicial de um deus pagão. 

Todos os assinalados por este sinal serão preservados, enquanto os perversos, indignos de receber em suas testas este símbolo, assim como também aqueles que se degradaram da condição de cristão por rejeitar Cristo na pessoa de sua  Igreja (Mt 18,17) serão condenados sem nenhum tipo de compaixão: "O rei ficou irritado e mandou suas tropas matar aqueles assassinos e incendiar a cidade deles. Em seguida, disse aos servos:A festa de casamento está pronta, mas os convidados não foram dignos dela". (Mt 22, 7-8).


7. - A idolatria visa inviabilizar o projeto de Deus de Libertação. Mesmo que as Escrituras revelando palavras do próprio Jesus dizendo: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM.” (João 14:6) A tradição acredita que Maria, a “Rainha do Céu” tem mais poder do que seu Filho, de atender petições e de salvar os perdidos. Jesus fica como um rebaixado e Maria exaltada. Jesus, segundo o versículo acima fica até mentiroso ao afirmar que “NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR ELE.” Por isso algumas Bíblias “Católicas” ROMANAS trazem este versículo sem a parte final que afirma ser Jesus o único Salvador.

RESPOSTA: - Sim, Maria é Rainha dos Céus e da Terra. Pelo Menos São João em seu Apocalipse a viu vestida de Sol, pisando sobre a lua e coroada com doze estrelas (Ap 12). Agora, se existiu uma tal de Semíranis que os babilônios chamavam de rainha, nem estou aí, pois cristianismo é uma coisa e paganismo outra diferente.

8. - A astúcia de Satanás e talento para o pecado da mentira parece ser quase impossível de contrapor, pois quem ousaria ir contra a mãe do Messias? A idolatria pagã da rainha do Céu antiga foi substituída pela idolatria de Maria com Jesus menino em seus braços, que conhecemos hoje. E novamente quem ousaria falar contra a mãe do Cristo de Deus?

A evolução da heresia que nosso Deus  tanto abomina se deu por ocasião de vários concílios, que por fim, declararam Maria com o título de Mãe de Deus. Assim, a armadilha se torna mais perfeita a iludir o povo.

RESPOSTA: - E a figura do lado? Acho que está deslocalizada. Vamos ver se vão dizer que esta é a mitra do papa e que a estrela de David é um símbolo satânico. Daqui a algum tempo ninguém mais poderá  usar qualquer tipo de estrela, pois tudo será satanismo, inclusive a cruz de Cristo como já foi falado acima.

E quem ousaria falar contra a mãe do Cristo de Deus? Ora, ora, e o articulista não a está transformando em uma deusa pagã? Se isto for falar bem, imagine, então, se estivesse falando mal! Quanto a ser Maria mãe de Deus cumpre esclarecer que a cristandade sempre a chamou de Teotokos (mãe de Deus). Ver um estudo com prós e contra neste endereço: maARQUEOLOGIA (ma de Maria + Arqueologia). 

Na verdade, depois que a Igreja define alguma verdade, em virtude de ela, a Igreja, ser inerrante (1Tm 3,15), não há mais o que se discutir. "Roma falou, a causa terminou" segundo Santo Agostinho. Os rebelados ficam valentes quando lhes dizemos isso. Infelizmente para eles trata-se de uma verdade bíblica a que consideram como palavra de Deus. Se a Igreja falou, é Cristo fiador de suas palavras porquanto ele declarou: "Quem vos ouve a mim ouve; que vos rejeita a mim rejeita..." (Lc 10,16).

9. - Pois, pense comigo: No vídeo aprendemos que Ninrode, historicamente foi chamado de “MARIDO DA SUA MÃE”

RESPOSTA: - Mas que bobagem é esta? Em que literatura séria você  aprendeu que Ninrode foi chamado marido de Semírades (Sammur-amat)? Em nenhum outro lugar senão, em última instância no livro mentiroso do desonesto pastor Alexander Hislop, desmoralizado por outro pastor chamado Ralph A. Woodrow.

10. - ... Elegeram Maria “mãe de Deus”,… nesta condição, ela fica acima do próprio DEUS. Este por sua vez, deixa de ser Onipotente, e Maria segundo a tradição tem maior poder de Salvar que o próprio Cristo. Como pode agora Deus condenar quem cultuar sua mãe, quem idolatrar, quem fizer dela “Medianeira”? Mas, a própria Maria jamais desejou usurpar o trono de Deus.

RESPOSTA: - Maria é mãe de Jesus que é Deus, portanto, Mãe de Deus, com toda justiça. O próprio evangelho a chama de mãe de Deus:

"Como mereço que a mãe do meu Senhor venha me visitar?" (São Lucas 1,43).

Observe que o termo grego "Kurios" tem acepção de Deus. Evangélicos acredita na Bíblia? Acho que não.

11. - “Porque há um só Deus, e um só MEDIADOR (Medianeiro) entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” (I Timóteo 3:5). A história se repete com gente obedecendo a Deus e outros vivendo em rebeldia se achando cheio de razão exaltando sua mãe idolatrada salve, salve. Assim, que multidões caminham para a perdição ETERNA. Que Deus tenha misericórdia dos tantos enganados, para que muitos deles escapem desta cilada do diabo enquanto há tempo.

RESPOSTA: - Pobres protestantes que se atêm apenas na aparência das letras sem penetrar-lhe o verdadeiro sentido! Duas vezes desobedecem a Bíblia:

PRIMEIRA - quando rejeitam a Igreja descrendo o que ela ensina, sendo, por isso, amaldiçoados porque Cristo é a Igreja: " 'Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne'. Este mistério é grande — eu digo isto com referência a Cristo e à Igreja" (Ef 5, 31-32);

SEGUNDA - Julgando-se infalíveis se aventuram a interpretar a Bíblia sem as luzes do Espírito Santo que foi prometido à Igreja e não a cada indivíduo. A Bíblia, ao contrário, diz-nos que as profecias não são de pessoal interpretação e nos alerta que os indoutos e fracos na fé as interpretarão para sua própria perdição: 

"... a nossa capacidade vem de Deus, que nos tornou capazes de exercer o ministério da aliança nova, não da letra, mas do Espírito. A letra mata, o Espírito é que dá a vida". (2Cor 3,5-6)



11. - O maligno na impossibilidade de ser logo admitido como objeto de adoração, consegue afastar de Deus os adoradores, levando-os para os ídolos, para os “santos” e a própria imagem da mãe de Jesus, dando-se por satisfeito. Mas isso, só por enquanto… Porque corrente de idolatria satânica não cessa de escravizar os desavisados que desconhecem a Palavra de Deus…
RESPOSTA: - O postador aqui acredita que os adoradores são aqueles que, aconselhados pelo pai da mentira, através do pai dos protestantes Martinho Lutero que lhes ouvia os conselhos, provocaram a pulverização do corpo de Cristo, levando multidões a todo tipo de heresia e finalmente ao ateísmo puro. Somente a graça de Deus faz santos, que não são deuses, mas amigos de Deus. Protestantes não têm santos porque não dispõem da graça de Deus: depois que foram cortados da árvore da vida que é Cristo, secaram completamente e se tornaram estéreis. Não mais podem produzir frutos que são os santos e a santidade.
12. - A história se repete, primeiro elegeram Ninrode, e dentre tantos outros Neros, elegeram Hitler que pretendia juntar as raças numa única Ariana,…


RESPOSTA: - Esta é mesmo muito boa! Não foram os católicos que elegeram Hitler. Enquanto os "crentes" votaram em peso em neste católicos renegado, paradoxalmente, os católicos votaram no protestante Hindenberg:




13. - ...gora vão eleger e delegar toda autoridade a um único governo mundial, nas mãos do antiCristo. E, todos pensam que vão se dar bem, mas, as Escrituras disse que o seu governo durará apenas 7 anos com tão Grande Tribulação como jamais houve igual.  Satanás usará adidentes atômicos (radiação) e com petróleo, como a contaminação do Golfo do México, pra forçar o homem a se juntar futuramente, em um só continente em torno do antiCristo?







RESPOSTA: - Quanta fantasia!!!! Se algo de ruim acontecer não virá por parte da Igreja Católica, a única e legítima Igreja de Cristo, sua esposa, sua carne e seus ossos, enfim, o próprio Cristo. Ele não se engana nunca, portanto sua Igreja também não se enganará, a despeito de todos os nossos pecados pessoais.



Fique, pois, aí, procurando chifre na cabeça de cavalo, que nós, católicos permaneceremos confiantes e tranquilos plenamente cientes de que ninguém poderá vencer a esposa do Cordeiro: AS PORTAS DO INFERNO NÃO PODERÃO PREVALECER CONTRA ELA (Mt 16,18)

Nenhum comentário: